quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Carta da comunidade Guarani-Kaiowá de Pyelito Kue/Mbarakay-Iguatemi-MS para o Governo e Justiça do Brasil


Nós (50 homens, 50 mulheres e 70 crianças) comunidades Guarani-Kaiowá originárias de tekoha Pyelito kue/Mbrakay, viemos através desta carta apresentar a nossa situação histórica e decisão definitiva diante de da ordem de despacho expressado pela Justiça Federal de Navirai-MS, conforme o processo nº 0000032-87.2012.4.03.6006, do dia 29 de setembro de 2012. Recebemos a informação de que nossa comunidade logo será atacada, violentada e expulsa da margem do rio pela própria Justiça Federal, de Navirai-MS.

Assim, fica evidente para nós, que a própria ação da Justiça Federal gera e aumenta as violências contra as nossas vidas, ignorando os nossos direitos de sobreviver à margem do rio Hovy e próximo de nosso território tradicional Pyelito Kue/Mbarakay. Entendemos claramente que esta decisão da Justiça Federal de Navirai-MS é parte da ação de genocídio e extermínio histórico ao povo indígena, nativo e autóctone do Mato Grosso do Sul, isto é, a própria ação da Justiça Federal está violentando e exterminado e as nossas vidas. Queremos deixar evidente ao Governo e Justiça Federal que por fim, já perdemos a esperança de sobreviver dignamente e sem violência em nosso território antigo, não acreditamos mais na Justiça brasileira. A quem vamos denunciar as violências praticadas contra nossas vidas? Para qual Justiça do Brasil? Se a própria Justiça Federal está gerando e alimentando violências contra nós.  Nós já avaliamos a nossa situação atual e concluímos que vamos morrer todos mesmo em pouco tempo, não temos e nem teremos perspectiva de vida digna e justa tanto aqui na margem do rio quanto longe daqui. Estamos aqui acampados a 50 metros do rio Hovy onde já ocorreram quatro mortes, sendo duas por meio de suicídio e duas em decorrência de espancamento e tortura de pistoleiros das fazendas.

Moramos na margem do rio Hovy há mais de um ano e estamos sem nenhuma assistência, isolados, cercado de pistoleiros e resistimos até hoje. Comemos comida uma vez por dia. Passamos tudo isso para recuperar o nosso território antigo Pyleito Kue/Mbarakay. De fato, sabemos muito bem que no centro desse nosso território antigo estão enterrados vários os nossos avôs, avós, bisavôs e bisavós, ali estão os cemitérios de todos nossos antepassados.
Cientes desse fato histórico, nós já vamos e queremos ser mortos e enterrados junto aos nossos antepassados aqui mesmo onde estamos hoje, por isso, pedimos ao Governo e Justiça Federal para não decretar a ordem de despejo/expulsão, mas solicitamos para decretar a nossa morte coletiva e para enterrar nós todos aqui.

Pedimos, de uma vez por todas, para decretar a nossa dizimação e extinção total, além de enviar vários tratores para cavar um grande buraco para  jogar e enterrar os nossos corpos. Esse é nosso pedido aos juízes federais. Já aguardamos esta decisão da Justiça Federal. Decretem a nossa morte coletiva Guarani e Kaiowá de Pyelito Kue/Mbarakay e enterrem-nos aqui. Visto que decidimos integralmente a não sairmos daqui com vida e nem mortos.
Sabemos que não temos mais chance em sobreviver dignamente aqui em nosso território antigo, já sofremos muito e estamos todos massacrados e morrendo em ritmo acelerado. Sabemos que seremos expulsos daqui da margem do rio pela Justiça, porém não vamos sair da margem do rio. Como um povo nativo e indígena histórico, decidimos meramente em sermos mortos coletivamente aqui. Não temos outra opção esta é a nossa última decisão unânime diante do despacho da Justiça Federal de Navirai-MS.     

Atenciosamente, Guarani-Kaiowá de Pyelito Kue/Mbarakay

98 comentários:

  1. Que noticia mais triste, espero que a Justiça mude seu posicionamento e dê um pouco de dignidade ao povo indígena. Pois esse território é direito deles.

    ResponderExcluir
  2. Que coisa mais absurda! O Brasil ao invés de preservar e prestigiar suas origens, quer dizima-las. Estou chocada com esta notícia, este é o meu país. Que vergonha!

    ResponderExcluir
  3. Nos resta denunciar vias redes sociais...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. claro pq ninguem vai ir até o meio do mato armado pra defende-los

      nem eu nem vc entao o q nos cabe é facebook

      Excluir
    2. "o que nos cabe é o facebook"...
      para que lutar se é tão fácil compartilhar?
      :/

      Excluir
    3. eu estou tao triste apos ler essa carta que minha unica vontade é ir para la

      Excluir
    4. Estamos colaborando Em Denunciar pelas Redes Sociais, Nós Desprogramados um Movimento Revolucionario ficamos indignados, então fizemos um cartaz. Esperamos fazer uma grande campanha. Vocês podem ver o Cartaz aqui. > http://sphotos-d.ak.fbcdn.net/hphotos-ak-ash3/524876_374307485981306_1070572879_n.jpg


      http://www.facebook.com/Desprogramados

      Excluir
    5. https://secure.avaaz.org/po/petition/Salvemos_os_indios_GuaraniKaiowa_URGENTE/?aIYWidb&external

      Excluir
  4. E agora que medida tomara o estado de direito? Essa mededia ajudara a desmistificar varias coisas do Estado de direito capitalista, como uma nova forma de ver a pena capital, que no caso do Brasil nao existe, legalmente, porem como expressado na carta acima, para às comunidades territorialmente referenciadas o despejo è igual a pena de morte!

    ResponderExcluir
  5. Para aqueles que como eu sente correr nas veiasoa inconformismo.

    Quando Cabral e sua troupe descobriram as terras tupiniquins, encontraram a única essência brasilliense pura e intocada. Ludibriaram, invadiram, dominaram um território virgem, rico por si só pela harmonia de sua natureza.
    Imagino eu aqui há anos deste fato quanto entusiasmo fez com que
    seus olhos saltassem de entusiasmo, mas no decorrer desta história não souberam admira-lo nem ao mesmo respeita-lo. Seus interesses se encontravam dentro dos enormes baús enfileirados com moedas de ouro, a troca, o "negócio do Reino", o descobrimento era o ganho comercial por esta conquista. Os únicos, verdadeiros representantes pátrios eram tratados como selvagens, aqueles que precisavam ser domesticados, nossos índios que até então protegeram e respeitaram esta terra... A partir daí estes brasileiros puros e inocentes se tornaram escravos, a força da fé jesuita acabou por descaracterizar sua cultura, cobriu seus corpos isentos do significado do pudor. A sociedade européia usou suas mulheres, roubou suas crianças, e se adiantou aos poucos extinguindo boa parte de sua raça. Hoje a comunidade indígena tenta a duras penas defender seu território, sofre ao lutar pela tua identidade, adoece e é tratada publicamente como intrusa. Neste instante, estou mais uma vez desolada, com a possível tragédia que se delineia a esta escassa população nativa. Do lado de lá mais de 2.000.000 de brasileiros lutam por suas próprias causas e interesses, o mundo segue... Alguns se compadecem, as sociedades de classe científica mundial esqueceram-se de suas bandeiras.
    Será que a evolução da história em nada acrescentou aos direitos humanos? Será que como aconteceu no Reino Português há exatos 511 anos atrás o olhar dirigido ao povo indígena ainda traduz a obtenção exclusiva do lucro?... Extraindo-lhes aquilo que for conveniente, ignorando-se mais, mais, e mais uma vez a justiça de direito num ato de distorcida selvageria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lamentável mas normal o seu discurso de culpabilização dos Portugueses. Há quase 200 anos que o grande país que é o Brasil , é independente. Por mais actuações erradas que os Portugueses do sec XIV ao sec XIX tenham realizado,com as circunstancias culturais da época, nada se compara á devastação das populaçoes indigenas e da floresta amazónica nos ultimos 100 anos. O seu discurso é tão caricato como o de alguns ( poucos ) Portugueses que ainda acham que o Império existe. Vivemos no sec. XXI e como diz seria de esperar que a evoluçao humana desde o sec XIV até agora , não permitisse estes crimes contra a humanidade. Mas eles continuam á razao do desmatamento diario brutal da floresta amazónica, do genocidio do povo indigena e da violencia praticada desde madeireiros, fazendeiros , garimpeiros e outros "eiros" que agora nao recordo. Olhe para o seu país e os seus problemas e tente encontrar na sua própria sociedade , a resolução dos problemas , sem tentar encontrar razões há 5 seculos atrás.

      Excluir
    2. O Brasil e os brasileiros são o que são por conta de sua herança vinda dos portugueses. Concordo que a resposta do agora não se encontra no passado, não que aconteceu há 500 anos. No entanto, uma parte da causa se encontra lá; e outra parte se encontra no pensamento capitalista, como bem foi dito.

      Excluir
    3. Lamento imenso a herança deixada pelos meus antepassados, mas como pessoas civilizadas que somos deixe-mo-nos de culpar os antepassados e vamos assumir os os erros cometidos no presente, deixem de culpar quem não tinha cultura para mais e culpem quem agora a tem e simplesmente a ignora.

      Gust@vo

      Excluir
    4. Os portugueses bem vos tentaram educar mas parece que contiuam a ser animais...

      Se nao tivessem sido descobertos pelos Portugueses que na altura eram o povo mais forte que existia voces nao seriam nem metade do que sao agora, a vossa independencia foi declarada e a partir dai foram brasileiros que continuaram o rumo de uma sociedade que deu os primeiros passos graças aos Portugueses.

      Se voces continuam a pensar como animais a culpa nao e nossa, é completamente vossa, se nao quiseram evoluir, a culpa nao e nossa, E VOSSA.

      Nao somos nos que ditamos as vossas leis... e se querem falar da epoca dos descobrimentos considerem-se sortudos de terem sido os portugueses a encontrar-vos e nao os espanhois senao vejam a situaçao dos estados unidos da america.

      Esses nem ensinados foram, nos ao menos tentamos dar-vos educaçao coisa que pelos vistos ainda nao aprenderam(e por isso continuam a cuspir no prato onde comeram) antes da crise que agora se abate sobre Portugal, o meu pais era um paraiso para os brasileiros que todos contentes vinham a procura de melhor porque NO VOSSO GRANDIOSO BRASIL as condiçoes eram abaixo do considerado Digno.

      Aquela coisa que voces tanto adoram e usam com absurda hipocrisia, DEUS, e religiao, foi-vos ensinada pelos Portugueses Jesuitas que eram contra a violencia e que tambem se sacrificaram pelos indigenas brasileiros.

      Nao venham ca por as culpas nos Portugueses se estao na merda e por vossa culpa e por serem corruptos e por fazerem dos vossos governos uma favela politicamente correcta.

      Excluir
  6. É lamentável, mas é apenas o epílogo que serve como um desfecho a nossa podre história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que possamos nos unir em Oração, não importa nossa crença, para que se possa evitar de alguma forma esta situação.

      Excluir
    2. Me uno a vc Anônimo e tenho certeza q outro seres de sensibilidade se unirão a nós.
      Aproveito para deixar aqui a oração do Perdão, muitos a conhecem:
      HOPONOPONO
      -EU SINTO MUITO
      -ME PERDOA
      -TE AMO
      -SOU GRATA!

      Excluir
    3. As orações podem até aliviar nossas consciências, mas não vão mudar o destino desses índios, é preciso mais...

      Excluir
    4. Orarei com voces amigos, e anonimo 2, eu quero fazer algo tambem, e estou usando minhas forças para saber o que.

      Excluir
  7. Que não matem este povo, e quando falo isso, espero que não mate a alma deste povo o expulsando de sua terra. Pois se assim fizerem, tirarão o direito deles lutarem pelo que acreditam, e ainda de morrer onde sabem ser certo. Tirar este povo de sua terra é como arrancar-lhes o coração, não há vida sem o coração, então entendo a decisão deles de morrer. Espero que a letra fria da lei não mostre mais uma vez que no Brasil a Justiça e a Lei andam em caminhos opostos. Que seja mantido o coração deste povo ancestral desta terra, e que eles tenham a morte que querem se a justiça não decidir que a terra seja deles, pois assim, quem sabe o sangue de bravos homens não lave a vista turva de homens da lei, e voltem a entender que a lei não é nada se ela não dá justiça aos que pedem. Força guerreiros.

    ResponderExcluir
  8. Que possamos nos unir em oração e pedir auxílio das forças invisíveis por estes nossos irmãos.

    ResponderExcluir
  9. This is so not right. They have every right to have their way of life. May they be allowed to keep their way of life,the only life they know how to live. Prayers going up for them.

    ResponderExcluir
  10. We continue praying for indigenous brothers and divilgando cowardice of man "civilized."

    ResponderExcluir
  11. Eles tão querendo que a Justiça Federal mande um punhado de policial lá para matá-los? Esse tipo de condenação só acontece em tempo de guerra. Não quero que nada disso aconteça, mas daria mais manchete se eles tomassem um veneno ou algo assim.. Se fosse veneno colocado no rio então.. Tomara que isso se resolva e que vença a justiça social pq a grilagem tá com tudo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até onde entendi, eles ameaçam um suicídio coletivo. E mais, pra que eles iriam querer manchete depois de mortos???!!!!!!
      O negócio não é rezar, não é esperar, é pressionar as autoridades competentes, protestar, fazer barulho, chamar a atenção da opinião pública pra ver se essa "justiça" de Naviraí volta atrás nessa decisão absurda!

      Excluir
    2. A oração é a única arma para os dias que vivemos. Quando muitos oram pela mesma causa, o mesmo objetivo, é criado um vórtice poderoso, capaz de dispersar essas forças da maldade do coração humano!
      Se vc tem como pressionar, comesse o processo q muitos como eu estarão com vc a favor dos irmãos indígenas!

      Excluir
    3. O que eles estão dizendo é que vão reagir, ninguém vai tira-los de la, nem que isso lhes custe a vida...já que saindo de lá eles não terão mais uma vida, perderão o contato com suas raízes, sua cultura, seus antepassados estão ligados a terra...
      Mais uma vez na historia do brasil o interesse dos poderosos prevalece, a colonia continua viva,a casa grande e a senzala continuam vivas em pleno século 21, lamentável...

      Excluir
  12. É possível que aconteça como no caso do pinheirinho....a justiça até tenta fazer algo, mas interesses políticos e econômicos falam mais alto...a sociedade é que tem de agir...sair às ruas...protestar....não sei se petição pública adianta...Brasil, um país para poucos....

    ResponderExcluir
  13. Como um descendente de bugres espanhóis, orarei para que a Justiça divina do Tribunal Superior de Cristo possa resolver a situação com transparência, cidadania, justiça social, alteridade para com os povos indígenas que são os verdadeiros donos das terras brasileiras, bem como sensibilizando nossas autoridades para que não haja nenhuma espécie de extinção! Na urgência do caso em tela, há que evocar-se o direito humano à vida, moradia, terra! Evocar-se todos os Direitos Humanos, pois os povos indígenas precisam ser melhor respeitados como filhos de Deus que também são!!! NÃO A EXPLORAÇÃO VORAZ! SIM A RAZÃO, AO BOM SENSO E O RESPEITO A TODOS OS CIDADÃOS BRASILEIROS!!!

    ResponderExcluir
  14. Não existe essa coisa de "Eles são os donos do Brasil", Pois agora já estamos aqui. Não fomos nós que invadimos o Brasil nem estes Índios de hoje foram invadidos pois quando isto aconteceu nem nossos tataravós eram vivos.
    O que importa é que estamos aqui e podemos mudar esta situação, não com base histórica mas com base humana. Eles são cidadãos brasileiros independentemente de serem Índios, e têm direito a vida, a moradia, educação, saúde e alimentação. Estes direitos estão sendo claramente violados, e independentemente de serem Índios ou não o governo não tem o direito de tirá-los de onde quer que seja, ainda mais sendo o local sagrado para a crença deles!
    Vamos assinar o abaixo assinado aqui e tentar impedir este absurdo: http://www.peticaopublica.com.br/PeticaoVer.aspx?pi=P2012N30735

    ResponderExcluir
  15. Assinem a petição http://www.peticaopublica.com.br/PeticaoVer.aspx?pi=P2012N30735

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não assinem!! É sabotagem contra o progresso do Brasil!!

      Excluir
    2. Voce representa o Idotas anonimos, nao e?

      Excluir
  16. É necessário assinar sim a petição, é necessário falar, é imperativo divulgar, e principalmente, é preciso ca da um de nós se colocar no lugar dessa gente. Gente que é nossa gente.Imagine voce chegar á sua casa ou apartamento e todo dia ter uma espécie de ameaça a lhe tirar de lá.Se voce,luta todo dia, com seu trabalho para manter sua casa para sua família, às vezes foi até herdada, fruto do trabalho de seus pais, e alguém cisma em ter vantagens econômicas ao derrubar seu predio, de onde voce "tem" que sair. Não tem a quem apelar, é na força mesmo.Absurda esta 'atitude democaratica'.O mundo todo tem que saber
    com lidamos "democraticamente" com nossas questões.

    ResponderExcluir
  17. A VERDADE: O invasor dizimou o Pau-Brasil, o único vegetal a nominar um País e o único País a ter o nome de um vegetal e que não teve defesa nem como se defender. A gente não pode deixar acontecer o mesmo com os índios. Alguma coisa tem que ser feita por quem de direito.

    ResponderExcluir
  18. É lamentável,sob todos os aspectos,que isso de fato esteja acontecendo com os nossos irmãos indigenas.

    ResponderExcluir
  19. O Brasil precisa reconhcer o Brasil. Precisa rever posturas, leis, preconceitos e construir uma NAÇÃO! As indiferenças seculares precisam ceifar para dar lugar ao respeito, às garantias e de direitos! Não siportamos mais tanta barbárie, silêncios, omissões e desmados contra os povos indígenas!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabemos que o Brasil foi construido em meio a uma Barbárie e atrocidades, contra negros e indígenas.A nossa nação,ainda é ríspida com a população menos favorecida financeiramente,ainda há casos de discriminação por causa da etnia, religião, cultura e varios outros fatores, que nos faça ser diferente de outras pessoas. Mas cassos como esse,não é motivados por causa de etnias ou religiões, e sim por dinheiro e poder, e todas elas tem influencias política, basta conhecer um pouco da história do Brasil, la vamos entender o que esta ocorrendo com o nosso pais.o que esta ocorrendo não é so um crime contra a vida humana, mas desfavorável para nossas origens.

      Excluir
  20. Vejamos que a justiça do Brasil não é esse show de horrores que lemos, muito pelo contrário, a justiça do Brasil satisfaz por muitas vezes contenciosamente ou voluntariamente a pretensão a ela encaminhada.
    A primeiro passo temos que verificar a verisimilidade do fatos alegados, isto pode se dar com o numero de processo fornecido, aonde qualquer cidadão pode ter acesso aos autos do processo, respeitando o principio da publicidade.
    Após feito isso é necessário verificar as partes, pois quem está representando os índios daquela comunidade? Quais os pedidos de cada uma das partes? O que a apreciação destes pedidos frutifica no que concerne a dignidade humana?

    Não há como tomarmos providências sem a realidade fática dos índios, apenas noticiar não é o suficiente. Se em algum momento algum veiculo da mídia tiver realmente interesse em nos mostrar a verdadeira realidade do que acontece com os índios da comunidades Guarani-Kaiowá originárias de tekoha Pyelito kue/Mbrakay vai disponibilizar cópia integral dos autos para qualquer um ter acesso, facilitando o compreendimento total da lide.

    As vezes o que pode ser uma história muito bem contatada não passa de uma mascará para alguém se valer. No sistema capitalista a toma de decisão sem o conhecimento integro das coisas recebe o nome de "ingenuidade" e ou "ignorância".

    ResponderExcluir
  21. http://www.avaaz.org/po/petition/VAMOS_IMPEDIR_O_SUICIDIO_COLETIVO_DOS_INDIOS_GuaraniKaiowa/?frnQndb&pv=10 Assine, já tem mais de 7.500 assinaturas. O site é confiável e eu já assinei. :)

    ResponderExcluir
  22. absurdo. isso se chama Brasil. como pode isso acontecer?! oremos por esse povo!

    ResponderExcluir
  23. é triste saber que isso acabará com os indios mortos e os fazendeiros comemorando felizes.
    pq isso aqui é Brasil!
    politico nao le jornal,não assiste TV e nem navega na internet!...
    "pq assim ele diz q nao sabia e nem viu"

    ResponderExcluir
  24. nossa, imaginei agora uma caravana de pessoas como nós, indignados com toda essa situação, chegando la em apoio a esse povo sem esperança de vida...seria lindo!!!! e se nos mobilizássemos via facebook não em compartilhar, mas sim em "migrar" e lutar junto a eles????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vá lá bobear lá, vai!! Depois pega uma malária e babau!! O gente burra meu Deus!!!

      Excluir
    2. Burro voce mesmo, seu Anonimo Cobarde. Ta por todos os lados nesse blog falando maior besteira de progresso, coisa que voce nao tem a menor idea de que se trata. Esse seu "progresso" nao tem feito outra coisa no mundo inteiro senao destruir a vida, mas claro, como voce e uma maquina, nao acha que isso seja impotante. Cai fora, besta!

      Excluir
  25. Gostei da ideia da caravana Ana Cláudia! Vamos mobilizar todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deixe de ser burra mulher!! Ongs internacionais estão manipulando os índios contra nós!!

      Excluir
  26. http://www.avaaz.org/po/petition/Salvemos_os_indios_GuaraniKaiowa_URGENTE/?cYwbDbb
    assine a petição no avaaz!

    ResponderExcluir
  27. CADE A DILMA NESSAS HORAS HEIN?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. por isso e por outras eu estou absolutamente desanimada com o pt. isso é revoltante, não quero pensar em passado, mas em um presente que se demonstra trágico e injusto. não é para acontecer. eu sou contra essa violência contra os povos indígenas.

      Excluir
  28. Meu Deus!
    Será que vamos continuar matando nossos irmãos por um punhado de terra?
    Será que a Presidenta não fará nada de concreto, de efetivo, de eficaz, de humano para acabar com este impasse medonho?
    Será que vamos mesmo ficar de braços cruzados observando os movimentos descabidos de um monte de seres que só têm na cabeça 'ganhar dinheiro, não importa como'?
    Se as redes sociais servem para ajudar, também, vamos fazer algo: bibliotecários, advogados, juristas, políticos comprometidos com a verdade, professores, enfim alguém que tenha facilidade em criar, elaborar uma ferramenta que seja de fácil veiculação e possa ser assinada bem rápido para que possamos encaminhar diretamente à Presidenta Dilma!
    Amor, precisamos amar de verdade!
    Respeito, precisamos respeitar a história do outro, a verdade do outro de verdade!
    Discursos precisam ser iguais a atitudes!
    É isso!

    ResponderExcluir
  29. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  30. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  31. Vamos procurar notícias sérias, pessoal.
    http://www.cimi.org.br/site/pt-br/index.php?system=news&action=read&id=6578

    Essa carta é falsa. Façam-me o favor.

    ResponderExcluir
  32. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Geografia passou longe!! Belo Monte é no Pará, no Norte do país, tribo kaypó se não me engano.. os dessa carta são os kaiowa, em Mato Grosso do Sul, região Centro-Oeste.. são mais de 3mil quilômetros de distância!

      Excluir
  33. LEIAM COM ATENÇÃO:

    Nota sobre o suposto suicídio coletivo dos Kaiowá de Pyelito Kue
    23/10/2012.
    Fonte da notícia: Cimi

    O Cimi entende que na carta dos indígenas Kaiowá e Guarani de Pyelito Kue, MS, não há menção alguma sobre suposto suicídio coletivo, tão difundido e comentado pela imprensa e nas redes sociais. Leiam com atenção o documento: os Kaiowá e Guarani falam em morte coletiva (o que é diferente de suicídio coletivo) no contexto da luta pela terra, ou seja, se a Justiça e os pistoleiros contratados pelos fazendeiros insistirem em tirá-los de suas terras tradicionais, estão dispostos a morrerem todos nela, sem jamais abandoná-las. Vivos não sairão do chão dos antepassados. Não se trata de suicídio coletivo! Leiam a carta, está tudo lá. É preciso desencorajar a reprodução de tais mentiras, como o que já se espalha por aí com fotos de índios enforcados e etc. Não precisamos expor de forma irresponsável um tema que muito impacta a vida dos Guarani Kaiowá.

    O suicídio entre os Kaiowá e Guarani já ocorre há tempos e acomete sobretudo os jovens. Entre 2003 e 2010 foram 555 suicídios entre os Kaiowá e Guarani motivados por situações de confinamento, falta de perspectiva, violência aguda e variada, afastamento das terras tradicionais e vida em acampamentos às margens de estradas. Nenhum dos referidos suicídios ocorreu em massa, de maneira coletiva, organizada e anunciada.

    Desde 1991, apenas oito terras indígenas foram homologadas para esses indígenas que compõem o segundo maior povo do país, com 43 mil indivíduos que vivem em terras diminutas. O Cimi acredita que tais números é que precisam de tamanha repercussão, não informações inverídicas que nada contribuem com a árdua e dolorosa luta desse povo resistente e abnegado pela Terra Sem Males.

    Conselho Indigenista Missionário, 23 de outubro de 2012

    FONTE: http://www.cimi.org.br/site/pt-br/index.php?system=news&action=read&id=6578

    ResponderExcluir
  34. Como esse Brasil é nojento, eu ODEIO esse lixo.

    ResponderExcluir
  35. Se o governo fosse tão legalzinho com eles,ao invés de construir estádio (superfaturado) de milhões de rais(da copa),pegue este dinheiro compre a fazenda deste fazendeiro e deixa os índios viverem,tão simples e eu com certeza concordaria em dar meu imposto para isso ou algo aprecido...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  36. Meu Deus... quanta injustiça!!! Sou professora no Estado do Pará e, inclusive sou Mestre em Educação, onde minha Dissertação de Mestrado está direcionada ao Processo de ensino-aprendizagem da Cultura Indígena da Tribo Gavião - Parkatêjê e Kynkatêjê. Como sou professora pesquisadora de comunidades indigenas, fica aqui o meu repúdio aos governantes que querem tirar esse povo de suas terras. Devemos sim, ajudá-los a preservarem suas culturas, seus mitos e raizes. Somos brasileiros e precisamos unir nossas forças e ajudar a esses povos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que mané preservar culturas!!! Preservar a cultura de um povo é impedir sua evolução!!! Chega de zoológicos indígenas no Brasil!! Índios devem é estudar e virar engenheiros, médicos, advogados, etc, para ajudar o Brasil a ser uma potência, e não ficar sabotando o progresso do Brasil!!!

      Excluir
  37. É preciso mudar essa situação urgentemente !!!

    ResponderExcluir
  38. O Povo brasileiro DEVE intervir.

    ResponderExcluir
  39. Nós somos os invasores!!não falo somente de terras, mas somos feitos da origem dos invasores das criaturas.uma missigenação de povos de essência duvidosas,até cremos em um criador de formas,natureza etc..mas não respeitamos as origens da humanidade,se pensarmos vamos nos deparar com a pergunta : em que ponto houve um apartheid ? ou como sera que se desenvolveu tal situação ? a resposta mais obvia é que nós somos a criação sem origem,por isso tantas religiões se desenvolvem procurando adeptos a suas causas pois somos incapazes de gerar certezas mas apenas ilusões,! Deus sabe que eu, você e todos os viventes ditos civilizados nos auto enganamos o tempo inteiro e que nunca alcançaremos respostas logicas em nossas mentes que creem em sua individualidade que somos donos do mundo e até do universo, já que inescrupulosamente colocamos em pratica toda nossa arrogância sempre nos achando seres humanos de identidade superior ao que Deus realmente criou,os índios sobreviventes realmente cumprirão o que estão falando pois a visão deles é clara e verdadeira ! la não ha bíblias escritas pela mão santa do homem ! heresia ? não,apenas uma constatação de nossa fraca atuação na busca da "verdadeira" verdade que liberta !

    ResponderExcluir
  40. heloisa helena de almeida24 de outubro de 2012 19:24

    Gente isso é muito serio, vamos nos mobilizar pra q isso não aconteça, na realidade estamos lutando pela nossa historia, pela nossas tradições, nossos irmãos. Heloisa

    ResponderExcluir
  41. Anônimo, concordo com vc quanto a nossa inaptidão de criar uma sociedade partilhada com os irmãos indígenas, partilha de respeito e igualdade. A verdade esta dentro de cada um de nós, no âmago de nossa alma, precisamos de cultivar a Compaixão ensinada por Buda e o Amor Incondicional que o Cristo veio semear entre nós. Irmão de luta, nós podemos sim fazer nossa parte, divulgando o assunto, falando sobre a injustiça e a cegueira do homem branco, quem sabe até redigir um texto simples e claro sobre a situação desses irmãos. Com certeza vc conhece a historia que levava água no bico para apagar um grande incêndio. Quando ridicularizado pela incapacidade da atitude, ele respondeu: estou fazendo a minha parte. Vamos nos dar as mãos e fazer a nossa!

    ResponderExcluir
  42. Se isto é verdade e sei que é, mas a minha consciência não me permite acreditar, tenho mais um motivo para me envergonhar dos que governam e destroem o nosso país. Nossas florestas e índios dizimados por miséria. Nossas crianças sem saúde e educação. Pessoas vegetando em condições subhumanas, presídios superlotados.... Só o que dá certo é a arrecadação de impostos e a folha de pagamento do Planalto Central. Será que algum dia os brasileiros vão levantar da poltrona? (me incluo nisso)

    ResponderExcluir
  43. O Blog www.pontodoconhecimento.blogspot.com...
    está ao dispor para Ajudar... Estamos Ajudando.

    ResponderExcluir
  44. É UMA PENA MESMO O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM O MUNDO HJ EM DIA...
    CULPA DAS PESSOAS QUE SÓ PENSAM NELAS E SÓ OLHAM PRO SEU MUNDINHO...
    EM PLENO ANO DE 2012 VEMOS CADA COISA ABSURDA ACONTECENDO...
    E O PIOR, SEM PODER FAZER MUITA COISA! UMA PENA MESMO...
    UMA CARTA COMO ESSA É UMA COISA MUITO TRISTE DE SE LER E FICA UMA INDIGNAÇÃO ENORME PARA O RUMO COM QUE AS PESSOAS ESTÃO LEVANDO O MUNDO QUE A GENTE VIVE...
    QUE NOSSOS ÍNDIOS SEJAM RESPEITADOS E PRINCIPALMENTE QUE A SUA CULTURA E HÁBITOS CONTINUEM SENDO RESPEITADOS!
    BRASIL: ACORDA!!!

    ResponderExcluir
  45. Triste e trágico!
    Não podemos desistir, temos que divulgar e pedir que assinem as petições, obrigar o governo brasileiro a parar esta loucura!

    ResponderExcluir
  46. É vergonhosa a atuação de nossas autoridades!!!Os corruptos do mensalão e vários políticos estão ilesos e milhonários!!!Absurdo en quanto nossos Povos Indigena Riqueza Nacional e Histórica passam Fome!!!

    ResponderExcluir
  47. Penso que além de nos queixarmos dos nossos "representantes" precisamos fazer algo prático, como em um caso de "Guerra". Estar fisicamente presente.

    Quem está disposto?

    ResponderExcluir
  48. Bacana que no site http://www.navirai.ms.gov.br/ existem notícias relacionadas a tudo, menos a esta situação repulsiva.

    Acredito que além de postarmos aqui nossas revoltas, o formulário de contato do site http://www.navirai.ms.gov.br/ mereça receber a opinião de todos sobre o assunto.

    Um site que ostenta um slogan "Cada vez melhor" deveria sentir o quanto isto está longe da verdade.

    E para mim não importa que este não é um ato orquestrado pela prefeitura, ela deveria se posicionar e defender os interesses de todos, inclusive do povo nativo que esta tendo seu estilo de vida dizimado.

    ResponderExcluir
  49. O que tem nessa terra lá!? Potenciais hidrelétricos pertencentes à União? Ouro pertencente à União? Urânio pertencente à União? Por que será que logo que se descobre uma jazida mineral ou um potencial hidrelétrico importante logo aparece uma tribo indígena para dizer que quer reserva alí??? Por que os índios não se integram ao povo brasileiro como meus antepassados índios??

    ResponderExcluir
  50. Brasileiros, não caiam nesse golpe!!! Não assinem essa coisa, é território brasileiro sendo perdido!! Ongs internacionais estão manipulando os índios contra nós!!

    ResponderExcluir
  51. Não temos que ficar calados perante esta atrocidade!
    Por quê nos calarmos se nascemos gritando?
    Paula Lima

    ResponderExcluir
  52. Eu tenho vergonha do meu próprio país.. que pais é esse?

    ResponderExcluir
  53. Eu não, o que me envergonha é a falta de humanidade dos invasores das terras dos Índios e a inércia dos governantes em tomar uma atitude de dignidade ante a questão "Guarani Kaiowá! Não deixem que os fazedores de opinião pública contaminem nossa cidadania e nosso patriotismo. Necessário nos inteirarmos sobre o processo de transição pelo qual passa o planeta Terra. Temos que nos fortalecer juntos para suportarmos oque vem por aí, eu tenho certeza de que estivermos realmente UNIDOS em nossa luta pela justiça em todos os níveis, principalmente a justiça e o amor que devemos às minorias, seremos vitoriosos! UNIDOS Para Nossa Luta!

    ResponderExcluir
  54. Tudo o que a justiça quer é que os índios morram, assim podem dizer que os índios foram "extremistas" e que "não é culpa do governo".

    Repensem.

    ResponderExcluir
  55. Povo covarde! Querem apenas ficar no conforto de vossas casas e esperando que algo aconteça com um simples abaixo assinado? Acham que um simples movimento de Facebook ou qualquer forma "pacífica" de protesto vai adiantar de algo? Porra, acorda! Tomem como exemplo os países ao norte da África que além de terem começado todo um protesto via internet, pelo menos, eles tiveram a coragem de ir às ruas lutar pela liberdade deles, mesmo sabendo que poderiam sofrer severas represálias ao contrário de nós que só reclamamos e nada fazemos. Filhos da pátria, peguem suas bundas e vão as ruas protestar, nem que o pau coma, mas vão! Lute por melhorias em todo o sistema!

    ResponderExcluir
  56. Meu querido irmão de luta, "Anônimo"! A justiça a que me refiro não é esta genérica e safada justiça dos vendidos. Eu me refiro a vencer pela luta, limpa e sem a energia do ódio, revolta e impaciência, esta energia faz mal para vc e para todo o Universo.
    Nós temos q nos diferenciar até pelos nossos sentimentos, temos que começar por lamentar racionalmente os acontecimentos, termos esperança que haverá um bom acordo favorável aos nossos irmãos "Guarani-Kaiowás! Anônimo, vc deve ser jovem, pelo menos de espírito, é o que indica esta ansiedade de ver as coisas resolvidas em um passe de mágica! Lembre-se somos oque somos, nosso caráter, nossa ética, justiça e até nossa alma, são cheias de feridas, de doenças, e o pior nós não admitimos isso, é nossa falta de humildade.
    Veja, ainda existem "JOAQUINS BARBOSAS".
    E.T. Busque pela internet a história de "WUITHAIKON".

    ResponderExcluir
  57. Confiemos em nosso Deus-Todo-Poderoso que intervenha à favor do bem e salve este povo indígina!
    Vamos divulgar esta atrocidade e ter fé!!!

    ResponderExcluir
  58. É isso aí meu querida, nossa cruzada será vitoriosa se tivermos muita FÉ neste Grande e Único Arquiteto do Universo!

    ResponderExcluir
  59. Parabens pela estrutura e conteudo de seu blog, Forte abraço Renato Artesanato em MDF

    ResponderExcluir
  60. INTERESSANTE,COMO O GOVERNO APÓIA AS INVASÕES AS TERRAS ALHEIAS DENOMINADO MOVIMENTO SEM TERRA,OU SEJA PESSOAS DA CIDADE QUE NÃO TEM NADA A VER COM O CAMPO. INVADINDO O QUE É DOS OUTROS PARA SE BENIFICIAR ....E POR OUTRO LADO FAZ ESSA BARBARIDADE TIRANDO OS INDIOS DE SEUS HABITATS NATURAIS E FORÇANDO OS TOMAR ATITUDES COMO ESSA...ISSO É BRASIL....

    ResponderExcluir
  61. A grilhagem tem um pé nos três poderes. Eu sempre desconfio de decisões judiciais contra território indígena. Até porque, inacreditavelmente o índio no Brasil é visto como criança. Logo eles podem até matar e serem defendidos pelo Estatuto da Criança e Adolescentes. Está na hora deste País reconhecer a cidadania indígena. Para eles decidirem sobre suas terras sem a tutela do Estado. A menos por uma questão de emergência e interesse estratégico do Brasil a pátria mãe de todas as nações indígenas e povos brasileiros. As nações indígenas Brasileiras deveriam funcionar conforme seus costumes e tradições. Desde que a sociedade envolvente não seja agredida em seus valores e crenças, muito menos nas delimitações territoriais pactuadas.

    ResponderExcluir
  62. mais indio gosta de fazer drama né?
    a terra nem é deles e tao fazendo tanto corpo mole pra sair de la falando q vao se matar ... pqp vc gostaria se o quintal da sua casa fosse invadido por centenas de indios? e eles alegando q o terreno onde pertence a voce era deles antigamente, um terreno q voce suou para comprar, anos de trabalho esforçado economizando para ter uma terra q é só sua e depois chega um bando de indios, invadem a sua propriedade com a desculpa de que a terra era deles no passado?
    pelo amor de deus se coloque no lugar dos fazendeiros lembrem-se daqueles indios que invadiram a terra de um fazendeiro e matou o dono da fazenda com um facao e deixou outro ferido.
    depois eles vao e mandam uma carta dizendo que vao se matar e é para enterrar eles ali mesmo por que eles nao vao sair? e se o governo der outra terra para eles? aí nao serve? tem que ser aquela que ja tem dono? se o governo der outra terra para eles eles ainda vao se matar? me poupe. esses caras so querem chamar atençao. e se o governo nao der a terra eu duvido que todos esses 170 indios vao se matar, mais da metade ainda vai viver.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é né esses indios so querem tirar proveito do governo querendo que eles paguem indenizaçoes com terras para eles.
      injustiça com os fazendeiros

      Excluir
  63. Antes de vocês ignorantes sobre o assunto criticarem e fazerem polêmicas deviam conhecer a realidade da situação. Na invasão estão no máximo 15 índios, fato comprovado por fotos tiradas diariamente do local, 170 pode ser o número de índios residentes da aldeia, não na invasão. Além disso não existem pistoleiros, e sim seguranças que garantem a segurança dos trabalhadores das fazendas, que não são donos das áreas rurais, e sim homens que TRABALHAM para garantir comida para suas famílias, e que tem filhos pequenos e esposas morando nos locais de disputa, e que temem pela sua segurança. Segundo a carta enviada pelos índios, eles cometeriam suicídios para serem enterrados junto aos seus ancestrais pois ali seria um antigo cemitério indígena, no entanto, fica a dúvida, e os índios que morreram até o ano passado ? não precisaram ser enterrados nesse ” solo sagrado ” ? pois a muitos anos tal aldeia fazia fronteira com essa fazenda e nunca reivindicaram nada, porque agora ? Realmente não faz sentido.

    ResponderExcluir
  64. Os nossos governantes estão querendo que achemos que são os povos indígenas que atrapalha a economia do nosso pais,mas eles esquecem que eles estavam aqui antes de nos,com sua cultura,historia,crenças e modo de viver que são só deles.

    ResponderExcluir
  65. Os nossos governantes estão querendo que achemos que são os povos indígenas que atrapalha a economia do nosso pais,mas eles esquecem que eles estavam aqui antes de nos,com sua cultura,historia,crenças e modo de viver que são só deles.

    ResponderExcluir