segunda-feira, 12 de julho de 2010

Em Rondônia, 27 terras indígenas sem providência

O Conselho Indigenista Missionário (Cimi) informou quer desde os anos 1990 registra o andamento dos processos de regularização de todas as terras tradicionais reivindicadas pelas comunidades indígenas, com base nos dados da Funai, do Ministério da Justiça, do Diário Oficial da União (DOU) e dados enviados pelas equipes regionais do Cimi.Neste registro constam 989 terras. Há três categorias: as terras regularizadas, as terras em processo de regularização e as terras reivindicadas por comunidades indígenas, mas sem procedimentos de regularização, as “sem providência”.

Um pouco mais de um terço do total das terras foi totalmente regularizado: 354, ou 36%. Chama atenção que um número quase igual, 324 ou 33%, está sem providência. Isto é, a Funai nem sequer tomou providências para verificar se a reivindicação procede ou não. Na listagem geral das 324 terras indígenas sem providência, 27 delas estão localizadas em Rondônia, conforme foi divulgado no relatório do Cimi, com base em dados de 31 de dezembro de 2009.

São elas:

Arikem (C. Estivado) (Desaldeados) - Ariquemes Cabeceira Rio Marmelo (Não Contactados) - Machadinho Deste Cascata – Cassupá – Salomã (Cassupá e Salamãi) - Corumbiara e Chupinguaia Cujubim (Kujubim) - Guajará Mirim e Costa Marques Igarapé Karipuninha (Não contactados) - Porto Velho e Lábrea Jabuti (Jaboti e Desaldeado) - Costa Marques Kambé Kambé) - Pimenteiras Makurap (Makurap) - Rolim de Moura Mata Corá (Desaldeados) - Costa Marques Miquelenhos do Rio S. Miguel(Miquelenhos) - Costa Marques, São Francisco Oro Mon (?) - Guajara Mirim, N. Mamoré Pântano do Guaporé (Não Contactados) - Pimenteira Paumelenhos (Paumelenhos) - Pimenta Bueno Paumeleno do B. do Megaço (Paumelenhos) - Pimenta Bueno Purubora do Rio Manuel Correia (Puroburá) - Seringueiras Rebio Jaru (Não Contactados) - Ji-Paraná Rio Candeias (Não contactados) - Porto Velho Rio Cautário (Não contactados) - Costa Marques e Guajara-Mirim Rio Jacundá (Não contactados) - Cujubim, Itapuã do Jamari, Candeias do Jamari. P. Velho Rio Formoso (Não contactados) - Nova Mamoré, Guajará-Mirim, C. Novo, Buriti Rio Madeira (Não contactados) Jaci Parana Rio Novo e Cachoeira do Rio Pacaás Novas (Não contactos) – Guajará-Mirim Serra da Cutia (Não contactados) - Guajará-Mirim Tora do Baixo Grande (Tora) - Porto Velho Wayoro (Wayoro) - Alto Alegre dos Parecis Yviraparaquara (Não contactado) - São Francisco do Guaporé .

Um comentário:

  1. As 27 terras indígenas não demarcadas deveriam ser posto em uma planilha, para facilirta a leitura e a pesquisas. Pelo minha leitura, existe acima de 29 terras não hologadas. Obrigado

    ResponderExcluir